CUFA E PLAN COMEMORAM 20 ANOS DO ECA

30/07/2010 14:10

 




Dança, graffite, esporte e cinema foram atividades desenvolvidas pela Central Única das Favelas do Maranhão (CUFA/Ma) em parceria com a ONG Plan em comemoração aos 20 anos do Estatuto da Criança e Adolescente (ECA) em São Luís.
As ações reuniram centenas de crianças e adolescentes nos dias 15 e 16 de julho na Unidade Escolar Ribamar Bogéa na Cidade Olímpica e no Viva da Vila Embratel. Entre panfletagem pelos direitos da criança, apresentações de Djs, B.Boys o coordenador da CUFA, Billy Wesley destacou a importância do trabalho direto com a comunidade. “As realizações culturais nas comunidades devem partir dos próprios moradores; a diferença de uma atuação direta é que a ação deixa sempre uma marca positiva em quem participa e isso rende frutos no decorrer dos anos”, disse.
No primeiro dia da ação, assim que as apresentações terminaram na Unidade Escolar Ribamar Bogéa, todos se concentraram na Associação de Moradores da Cidade Olímpica para acompanhar uma seleção especial de 10 animações do Festival Internacional de Animação do Brasil, promovido pelo Cine Crioula. “Permitir o acesso a cultura e a cidadania é o norte do Estatuto da Criança e do Adolescente, por isso, o cinema é peça fundamental para o lazer e a reflexão de uma condição social”, explicou o coordenador do Cine Crioula Bruno Gouveia.
No dia 16, no Viva da Vila Embratel o espaço aberto atraiu uma multidão de pessoas. Com a panfletagem sobre a importância do ECA, muitos acompanharam as apresentações dos grupos parceiros da CUFA/Ma. “É importante que as pessoas entendam o que diz o estatuto para garantir um ambiente melhor para as nossas crianças”, ressaltou a estudante Maria Adelaide Santos.
A Organização da Plan avaliou o evento como bem mais do que o esperado e garantiu que é o primeiro passo para uma grande parceria. “A CUFA nos trouxe para perto da juventude e nos mostrou uma nova linguagem, o que comprova que o resultado do estatuto é conseguido com ações culturais e muito trabalho”, concluiu uma das coordenadoras da Plan Carol Santos.